Está encerrando o prazo para sacar o PIS

Os trabalhadores brasileiros que ainda não sacaram o PIS – Abono Salarial, devem ficar atentos, pois está se encerrando o prazo para saque do benefício. Quem tem direito ao Programa de Integração Social (PIS) e o do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), deverá sacar seu dinheiro até dia 30 de junho de 2017.

Vale lembrar que estes pagamentos são referentes ao PIS do ano de 2015. Quem tem direito a sacar o benefício, irá receber o valor de acordo com o tempo trabalhado no ano base (2015). O valor máximo será de um salário mínimo atual, que correspondente a R$937, o valor mínimo é de R$78, equivalente a um mês trabalhado.

Os trabalhadores que ainda não sacaram do dinheiro do PIS, devem fazê-lo até dia 31/06. Depois desta data, não será mais possível retirar o benefício, e o trabalhador irá perder o valor que está disponível, que irá voltar ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

COMO SACAR O DINHEIRO DO PIS 2017

O trabalhador que está habilitado aos pagamentos do Abono Salarial, podem sacar seu dinheiro na Caixa Econômica Federal (Caixa), correspondentes bancários e também nas casas lotéricas. Para saque na Caixa, é necessário somente documento com identificação pessoal, já para saque nas lotéricas e agentes é necessário ter cartão cidadão cadastrado com senha.

Já os trabalhadores do regime público, que recebem o PASEP, podem sacar o benefício no Banco do Brasil. Os cidadãos que possuem conta corrente na Caixa e podem receber o PIS, já devem ter recebido seus pagamentos por meio de transferência bancária.

A partir de 30 de junho, começam a valer os pagamentos do ano base 2016, que são pagos em 2017 até junho de 2018. Saiba mais sobre o PIS 2017.

Você pode ver mais detalhes sobre o pis, acessando o site: https://sitedopis.com.br/

QUEM TEM DIREITO AO ABONO SALARIAL

De acordo com as novas regras do PIS, terá direito ao benefício de acordo com ano base 2015 (pago até junho de 2017), os trabalhadores que estão estão inscritos no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos. Outra obrigatoriedade para poder sacar o abono salarial, é que é preciso ter trabalhado de carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano base, com remuneração mensal média de até dois salários mínimo.

Vale destacar, que o empregador deverá ter informado os dados do funcionário corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Se você cumpre todas as regras citadas, saiba que tem direito ao benefício do abono salarial, caso tenha dúvidas, visite uma agência da Caixa portando seus documentos pessoais para mais informações e consulta de seu pagamento.

Até o dia 31 de maio de 2017, quase 2 milhões de trabalhadores ainda não tinha sacado o dinheiro do PIS. Isto correspondente a mais de 1,2 bilhão de reais que ainda não foram retirados pelos trabalhadores. Faça seu direito e não perca o prazo de saque do abono salarial.

Caso não saiba seu número do PIS, veja aqui como descobrir. Veja também como consultar seu pagamento e se tem direito a receber.

Bons livros para ler

Listas nem sempre são justas. Ao terminar esta leitura você pode discordar de alguns títulos considerados como “melhores livros”, mas a verdade é que estas escolhas são referências sobre as pessoas que a fizeram.

Pode ser também que alguns títulos que podem ser da sua preferência ficarão fora da lista, mas verdade é que são obras da literatura que foram muito apreciadas e bastante comentadas ultimamente. Dito isso, vamos conhece-los:

  1. Infiltrado na Klan – Ron Stallworth: baseado em fatos reais, conta a história de um detetive negro que se infiltra a Ku Klux Klan, nos colocando frente a frente como a pior parte do ser humano. Você vai sentir tristeza, raiva e desesperança.
  2. Afiadas – Joan Didion, Doroty Parker e Janet Malcolm: é um mergulho na mente e na história de mulheres que mudaram o mundo. É uma grande contribuição para história.
  3. Flores para Algernon – Daniel Keyes: pode ser considerado um marco para a ficção científica porque resgata enigmas iniciados em “O mito da caverna” de Platão. A história é escrita sob o ponto de vista humano, carregado de sentimentos, abrangendo a questão filosófica de uma perspectiva capaz de partir o seu coração.
  4. De espaços abandonados – Luisa Geisler: é uma história angustiante, ousada e bem humorada ao mesmo tempo. Fala sobre família, solidão e relacionamentos. Uma das escritoras mais fortes na literatura brasileira.
  5. A guerra – Camila Nunes Dias e Bruno Paes Manso: esta história relata uma imagem muito real sobre o PCC. Elogiado por consagrados autores que mostram o submundo dos crimes brasileiros.
  6. Mulheres sem nome – Martha Hall Kely: é um romance baseado em personagens reais e se passa na Segunda Guerra Mundial. É a história de mulheres que se encontram servindo durante a guerra, num mundo dominado pelos homens.
  7. 12 Regras para a vida – Paulo Polzonoff Jr.: este livro de autoajuda está na lista, não só pelos “conselhos”, mas principalmente pela profundidade espiritual que trata sobre as virtudes tão decadentes no nosso século.

Lembrando que as obras que citamos aqui não foram os livros mais vendidos de 2019 e sim ótimos livros muito comentados nos últimos 2 anos, tanto por críticos como por leitores comuns…

Gostou das dicas de leitura acima? Já leu algum dos livros citados? Se sim, fique a vontade para deixar seu comentário e dizer o que achou deles!